resumo de vida

Os dias passam, meses, anos, 2015 me aposentei fiquei sabendo que ia ser avó , nada podia me deixar mais feliz. e passou 2015 com muito trabalho , costuras , fiz tudo que estava ao meu alcance pra que o enxoval da Luiza ficasse pronto e ao gosto da minha filha . Luiza nasce com saúde perfeita , e comemoramos felizes , as noites mal dormidas nem eram sentidas pois a alegria de te-la superava tudo . 2016 eu estava ansiosa a cada dia era uma gracinha diferente e pra mim é a fase que mais curto em um bebe . apesar do estresse do trabalho , tocava a vida. até que em julho o avc me surpreendeu e me colocou rédeas curtas . mostrou que era hora de pensar na saúde , que devia parar e me cuidar , e assim foi cirurgia , fisioterapia , fono , muito tratamento para voltar a ter condicões de vida normal . férias de 2017, no RIO, veio o estresse e a depressão , o medo, panico de dirigir , de sair na rua sozinha, volta ao trabalho em condições precárias emocionalmente falando . precisava cuidar e conviver com o pai com Alzheimer, ele estava fraco , cada vez precisando mais de quem estivesse ao lado dele e eu mesmo com medo de sair na rua , fiz questão de acompanhá-lo todos os dias que ficou sob meus cuidados em fevereiro , morria de medo dele se perder ou cair na rua . então eu fazia um esforço e o trazia todos os dias pro trabalho , vinhamos caminhando eu e ele de mãos dadas como quando eu era criança e andava de mãos dadas com ele na rua . ele vinha trabalhar e eu ia pra fisioterapia , depois voltava pra casa , almoçava e a tarde vinha ajudar o pai na loja ficando com ele durante todo o resto do dia .
Em julho , o pai foi enfraquecendo , já sentia dores nas pernas e caminhar era mais difícil, a noite as vezes ao levantar para ao banheiro caia e a mãe tadinha tentava puxá -lo para voltar p cama o que se tornou cada vez mais dificil , quando então chamamos o medico em casa já que ele era teimoso e não queria ir por conta própria. então ele foi hospitalizado , inicialmente para fazer exames tomar um soro e se fortalecer . mas estava com uma serie bronquiolite e caiu na uiti , foi entubado.. depois disso o plano de saúde, unimed requisitou sua ida para o hospital da mesma . vi meu pai fazer traqueostomia , gastrotomia ,sofrer uma cirurgia de vesiculasuporada , fazer hemodialise , respirar dias e dias com aparelhos , até pegar uma bactéria hospitalar tão forte que seu organismo já debilitado não mais conseguia se recuperar. numa quinta feira a noite de 17 de agosto 23 horas fomos chamados ao hospital , lá chegando a noticia , o pai faleceu ,uma parada cardíaca , e a vida desmoronou.meu chão caiu .
passei a fazer terapia com psicologa, já estava tomando antidepressivos desde junho .
Meu pai queria viver , mas não se cuidava , não ia a médicos , não queria tomar remédios,
2017 não podia terminar sem acontecer mais uma tristeza em minha vida e no dia 21 de dezembro nossa amada peposa , de 14 anos teve um edema pulmonar e tb numa quinta feira as 23 hs levamos para o hospital veterinário mas nada mais se podia fazer , ela se foi tb, deixando mais um vazio dentro de nós .
Foram dois anos consecutivos de coisas ruins, coisas tristes , que nos abalaram, salvaram-se as lindas risadas da LUIZA , suas travessuras e tentativas de repetir tudo que falamos . compramos nosso tão sonhado carro maior com o conforto que precisávamos para a cadeirinha da Luiza . afinal a vida não pode ser só de tristezas e coisas ruins , vamos vencer e lutar , 2018 já começou e já veio demonstrando que será um novo ano de alegrias . vou sair de férias sexta feira com meu amor , quero descansar , passear , só pensar coisas boas. e por falar em coisas boas , aconteceu uma coisa muito boa neste ano de 2017 tb , junto com a tristeza e o estresse eu consegui emagrecer . passei de 97k para 80k , com meu esforço e a ajuda de meu amor que faz minhas vitaminas de jantar . me ajudou muito . eu sempre fiz em meu blog uma retrospectiva de ano , mas nesse eu não consegui . então hoje estou aqui fazendo este breve resumo do que foram os últimos dois anos de vida . eu espero que os últimos dois anos de vcs amigas não tenham sido tão difíceis .


Vim desejar um feliz 2018 a todos vcs , espero que ainda seja em tempo !!!!!!!



3 comentários:

✿ chica postou o comentário número:

Leila, que todas as coisas ruins tenham ficado pra trás e que de agora em diante as boas te apareçam pra curtires bem as férias, já bem mais disposta e magra e curtir a Luiza! bjs praianos, boas férias! chica

Silvia Costa postou o comentário número:

bom dia,sempre acompanhei teu blog mas nunca me manifestei, mas agora lendo teu resumo resolvi escrever. Todos passamos por dificuldades e nunca queremos perder ninguém, mas somos todos passageiros nesta vida para aprender e ensinar também.Espero ue vc se recupere,que 2018 seja muito bom, com muita saude e alegrias. P.s.Tambem tenho uma neta de 2 anos e nove meses que se chama Luiza e é nosso xodó. Os netos enchem a casa de alegria e só por ela vc tem bons motivos para lutar e continuar!!grande abraço, fica com Deus!bjo

Aliks postou o comentário número:

Que 2018 seja de muita luz e amor para você e toda sua família ... um beijo grande !!!

Related Posts with Thumbnails
Coisas da Bruxinha © Copyright 2012. Desenvolvido por Elaine Gaspareto